Valdemiro Santiago tem falência declarada e pagará fortuna para famoso do SBT após ser pego na mentira

O pastor Valdomiro Santiago foi condenado em primeira instância a pagar o valor de quase meio milhão de reais a Everton Luiz di Souza, o Fofoquito. O processo movido pelo repórter contra o religioso foi pelo pagamento dos direitos autorais de uma música e pela direção e produção de um documentário biográfico do religioso, lançado em DVD.

Segundo informações do Notícias da TV, o juiz Daniel Serpentino estipulou o pagamento de R$ 153.846,15 de indenização por danos materiais e mais R$ 20 mil por danos morais. Porém, uma vez que o processo foi aberto em 2011, Valdemiro terá que pagar o valor corrigido e os juros moratórios retroativos, que, pelos cálculos da defesa do repórter, chegará ao montante de R$ 500 mil.

Mesmo que tenha saído vitorioso, Fofoquito não está satisfeito com a decisão do juiz e irá recorrer. Isso porque, no início do processo, o repórter pedia uma indenização de R$ 48 milhões, valor baseado nos cálculos feitos em cima das vendas e distribuição dos materiais que ele criou e executou, e pelos quais não foi remunerado.

A saga de Everton di Souza começou quando ele se sentiu enganado e usado por Valdemiro Santiago, já que ele não mais fazia parte do quadro de funcionários da Igreja Mundial do Poder de Deus quando a música de sua autoria foi lançada em um CD da banda da igreja do pastor sem o seu consentimento.

Catraca Livre