“Estado de Sergipe não tem estrutura para atender pico de coronavírus”, diz porta-voz do governo

Pregando a necessidade de que o isolamento social determinado pelo Decreto Governamental, Givaldo Ricardo, porta-voz da gestão, declarou que o estado Sergipe não tem estrutura para atender o pico de coronavírus, previsto para o final de abril, começo de maio.

As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 2, quando Givaldo concedeu entrevista ao radialista Eduardo Carvalho, âncora do Jornal da Xodó.

Ainda durante a entrevista, Givaldo Ricardo, o governo tem tomado providências para tentar minimizar os efeitos da pandemia, como por exemplo, a implantação de novos leitos hospitalares e a criação de linhas de créditos voltadas aos pequenos empresários e às famílias de baixa renda, o que resulta em um montante de R$ 500 milhões.

Por fim, o porta-voz, reiterou que o cidadão precisa ter consciência, sobretudo após, dois óbitos em decorrência da Covid-19. ” A economia não pode ser mais importante que a vida”, afirmou.

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News