De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela revista Veja em parceria com o Instituto FSB e divulgada nesta sexta-feira, 18, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso e inelegível, continua sendo o principal nome da esquerda brasileira.

No entanto, o levantamento, que foi realizado entre os dias 11 e 14 de outubro, aponta uma guinada no cenário político nacional. Isto porquê, se as eleições presidenciais fossem hoje, Lula perderia para Jair Bolsonaro (PSL) e para o ministro Sérgio Moro (Sem partido).

No cenário contra o capitão reformado, o petista perderia por 46% a 38%, já contra o ex-juiz, a derrota seria maior, 50% a 37%.

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News